• Merkaz

4 dicas de gestão financeira para pequenos negócios durante o Coronavírus



Pequenas empresas e startups correm mais riscos durante crises globais.


A crise do COVID-19 trouxe um período de incertezas para os negócios, sobretudo às pequenas e médias empresas e startups. Diferentemente de negócios grandes, que muitas vezes trabalham com cenários de maior previsibilidade, os de porte menor vivem uma realidade mais insegura em termos de gestão financeira.


Confira dicas para uma gestão financeira adequada neste momento.


1. Minimizar gastos ao máximo

Primeiro, o negócio deve recorrer a uma medida que pode ser um pouco dolorida em uma gestão de crise, que é: minimizar os gastos ao máximo. A primeira coisa é postergar tudo o que puder ser postergado de pagamento e renegociar tudo o que puder ser renegociado. Nessa fase as circunstâncias mudaram, então deve-se abrir uma brecha para tudo o que já estava negociado e combinado no passado, reabrindo essas negociações. Proteja o caixa, porque ele é seu colchão de segurança. Essa é a primeira coisa a se fazer.


2. Reduzir custos

A segunda dica também é, às vezes, dolorida de se implementar: cortar custos. Existem meios e meios de fazer isso, desde medidas simples, como parar de gastar em eventuais campanhas, à medidas drásticas, como, por exemplo, demissões ou reduções de carga horária. Tudo isso é adverso e triste, mas necessário para a empresa sobreviver. Às vezes é preciso pensar no bem maior do negócio. Vamos, então, reduzir a saída de caixa, especialmente os gastos que sejam fixos, uma vez que não temos segurança de quanto tempo essa crise vai durar.


3. Cuidado ao buscar linhas de crédito

Não saia por aí pegando crédito. Entenda e estude e avalie se realmente é uma boa opção ou não, porque isso pode ser um ciclo perigoso no longo prazo. Possivelmente, será necessário que empresas recorram a algum tipo de financiamento, aí é preciso ter cuidado para pegar o melhor possível, com taxas subsidiadas e mais atrativas, evitando criar uma dívida cara demais.


4. Trabalhar com cenários múltiplos

Por fim, trabalhe com cenários, tanto com os de maior otimismo, em que essa adversidade passaria rapidamente, quanto com outros cenários, em que essa crise perdura por um pouco mais de tempo. O que poderia acontecer com o fluxo de caixa da nossa empresa [no segundo caso]? Compreender esses cenários de futuro é uma etapa essencial.



  • Instagram
  • Facebook Social Icon
  • LinkedIn Social Icon
SEJA UM MEMBRO MERKAZ!
venha tomar um café com a gente!

Rua Hungria, 1000 / São Paulo, SP - Brasil

​​Tel: (11) 3818-8874​ | contato@merkaz.com.br