• Merkaz

Dicas para montar um e-commerce de sucesso



O primeiro passo para entender como montar uma loja virtual é ter foco e atenção, pois se trata de um processo de várias etapas.

Criar um e-commerce demanda pesquisa de mercado, planejamento financeiro, definição de servidor, plataforma e template, divulgação e atendimento ao cliente.


Antes de criar uma loja virtual, você deve fazer uma pesquisa de mercado para entender quais produtos são interessantes para o consumidor.


Afinal, não adianta abrir um e-commerce se as pessoas não tiverem interesse no que você vende, certo?


Uma pesquisa de mercado ajuda a entender quais são as tendências de consumo e produtos em alta no momento.


Algumas ferramentas podem te ajudar nesta pesquisa apontando produtos de e-commerce que estão em alta no momento, como: Trend Hunter, Google Trends e Ecomhunt.


Depois da pesquisa de mercado e de um bom planejamento financeiro, é hora de montar a sua loja virtual.


Para ajudar nesse processo, listamos sete etapas fundamentais para criar o seu e-commerce com sucesso.


1. Registre o seu domínio

Para iniciar, você precisa ter um domínio, que o endereço do seu site  - a URL. Esse endereço vai identificar a sua loja virtual e permitir que as pessoas a acessem.

Escolher um domínio que leve o nome da marca e, de preferência, uma palavra-chave relacionada ao negócio.

Invista em uma URL curta, simples e fácil de memorizar.

Evite usar caracteres especiais e palavras em outras línguas.

Quanto mais fácil for o domínio para o usuário, maiores serão as chances de ele acessar o seu site.


2. Escolha um servidor de qualidade

Depois de ter um domínio, é hora de definir qual servidor você vai usar para hospedar o seu e-commerce.

Existem vários serviços de hospedagem no mercado que você pode contratar.

É importante observar a qualidade do servidor, analisando fatores como capacidade de armazenamento, suporte, segurança, limite de tráfego e preço.

Afinal, você não quer um site com conexão instável, demora para carregar páginas ou sem segurança para o usuário, não é mesmo?



3. Estruture a plataforma da loja

O terceiro passo é escolher a plataforma da loja virtual.

A plataforma é a página que os usuários vão acessar para conferir os produtos, por isso, ela precisa entregar uma experiência de navegação excelente.

É primordial que a plataforma tenha boa navegabilidade, ofereça segurança de dados para que os usuários efetuam a compra e tenha um design responsivo, que se adapta a qualquer formato de tela.


Confira as 9 melhores plataformas de e-commerce do mercado no artigo do Gyra+: https://gyramais.com.br/blog/melhores-plataformas-de-e-commerce/


4. Escolha um template adequado

Na hora de escolher a plataforma, preste atenção ao template, que é a apresentação visual do site.

Ele é fundamental para criar a identidade da sua marca, oferecer uma boa navegação no e-commerce e transmitir credibilidade para o usuário.

Você até pode usar templates prontos, mas o ideal é que faça personalizações para ter uma identidade própria em relação às demais lojas.


5. Defina as formas de pagamento

Quanto mais opções de pagamento você oferece, maiores são as chances de converter um usuário em cliente.

Boleto bancário, cartão de débito e cartão de crédito são as opções básicas para um e-commerce.


6. Faça um planejamento logístico

Uma logística eficiente é essencial em uma loja virtual, afinal, o consumidor quer receber o produto o mais rápido possível, sem transtornos e com os itens sem qualquer dano.

Então, selecione fornecedores de qualidade, que possuem boa reputação no mercado e cumprem os prazos estabelecidos.

Eles são verdadeiros parceiros de negócios e, como realizam a entrega, influenciam diretamente na satisfação dos seus clientes.


7. Cadastre os primeiros produtos

Se já seguiu os passos acima, agora é a hora de cadastrar os produtos.

Lembre-se de cadastrá-los com foto em alta resolução, ficha técnica, descrição e aba para avaliações e comentários de clientes.


8 - Divulgue sua loja e faça a primeira venda

Não adianta ter uma loja online se você não faz a divulgação dela. Só assim é possível atrair usuários e convertê-los em clientes.

O primeiro passo é escolher onde será feita a divulgação.

Essa etapa essencial para a elaboração do plano de marketing, onde você definirá as ações necessárias para divulgar o e-commerce.


Confira os principais canais que você pode usar.


Mídias sociais

Você precisa estar presente nas redes onde o seu público está.

Monte uma loja no Instagram - e essa rede é potente para as vendas.


Anúncios Online

Vale reservar uma parte do orçamento para fazer anúncios online.

Use ferramentas como Facebook Ads e Google Ads para fazer anúncios, tanto em redes sociais quanto nos motores de busca do Google.


Blog

Outro recurso importante é o blog, no qual você deve postar conteúdos relevantes e que resolvam algum problema do usuário.


Influenciadores

Influenciadores digitais também podem ser parceiros de negócios.

Mapeie quais pessoas são influentes para o seu público e que, de alguma forma, tenham a ver com o produto que você deseja vender.


E-mail

O e-mail marketing é uma ferramenta potente para lojas virtuais.

Experimente enviar newsletters com promoções ou divulgação de produtos, ou mesmo para lembrar o usuário de que ele tem itens ainda no carrinho.


WhatsApp

Que tal criar um canal de comunicação com o cliente no WhatsApp?

Aqui a ideia não é ficar mandando promoções e descontos, e sim fornecer um número de WhatsApp para que o cliente entre em contato com você se precisar de atendimento.



SEJA UM MEMBRO MERKAZ!
  • Instagram
  • Facebook Social Icon
  • LinkedIn Social Icon
venha tomar um café com a gente!

Rua Hungria, 1000 / São Paulo, SP - Brasil

​​Tel: (11) 3818-8874​ | contato@merkaz.com.br