• Merkaz

Diversidade no mundo corporativo


A mudanças geracionais afetam profundamente o mercado de trabalho. Os novos profissionais estão se posicionando e se expressando cada vez mais – são inquietos, curiosos e ávidos por trazer pluralismo para o dia a dia do trabalho. Mais do que nunca, temas como acessibilidade, empoderamento e diversidade são pauta dentro e fora das empresas. E com as redes sociais dando espaço para a expressão de todos, as pessoas têm tido um estímulo extra para serem quem realmente são em qualquer lugar – inclusive no trabalho.

E é isso que elas querem! Foi-se o tempo em que os talentos de uma organização tinham que se encaixar em uma fôrma. Hoje o cenário é outro e trilha um caminho sem volta. Priorizar a diversidade nas empresas não é mais uma alternativa e sim uma necessidade de um mercado que é cada vez mais global, sem fronteiras e multicultural.

Desse contexto surge uma oportunidade que se coloca também como desafio: como favorecer um ambiente de trabalho diverso e acolhedor das diferenças? E como gerir a diversidade com eficiência? Para responder a essas perguntas, precisamos olhar para o tema de diferentes ângulos!

O que não é Diversidade

Antes de tudo a gente precisa entender o que não é diversidade nas empresas. Tentar promovê-la sem compreender seu verdadeiro propósito pode acabar sendo um tiro no pé e transformar o que deveria ser um diferencial competitivo em um grande problema.

Trabalhar a diversidade nas empresas não é priorizar a seleção de determinados grupos de pessoas, mas considerar sem preconceitos todas as tribos. A contratação não pode apresentar vantagem apenas para uma das partes – a empresa e o contratado precisam sentir que estão agregando e recebendo valor, caso contrário a limitação de um ou outro falará mais alto em algum instante. 

Ser diverso também não é só contratar pessoas por causa da lei. É preciso ter foco no que a diversidade trará como resultado e buscar bons candidatos em diferentes lugares. Gênero, raça, cor, deficiência, sexualidade etc. não definem competência. Não podemos nos enganar e pensar que ter um time diverso e ter um time produtivo são coisas mutuamente excludentes. Afinal de contas, a diversidade traz consigo mais produtividade, inovação, qualidade e sucesso.

Por fim, diversidade não é caridade, assistencialismo ou ser politicamente correto. É trazer evolução e dinamismo para uma equipe através de culturas, trajetórias e visões de mundo diferentes.


O valor da diversidade para as organizações

Um líder com uma equipe homogênea, igual a si, só consegue enxergar as coisas de um mesmo ponto de vista. Isso é um grande risco, principalmente para os times que lidam com clientes, pois essa visão pode representar quase nada do que o público espera da empresa. Quando temos mais diversidade, fica mais fácil enxergar o que realmente importa, afinal as visões cobrem muito mais ângulos!

Os benefícios são inúmeros. A empresa tem um diferencial sobre a concorrência, já que as equipes mais diversas são mais criativas e inovadoras. E o que é positivo da porta para dentro também é favorável da porta para fora: a organização atinge mercados de potenciais consumidores que estavam, até o momento, fora do seu alcance. O desempenho é melhor e o crescimento é maior – seja do ponto de vista financeiro, seja do cultural.

A diversidade nas empresas contribui inclusive para o crescimento pessoal de cada funcionário, pois a exposição ao diferente cria condições para se estar aberto ao novo. Culturas se cruzam, novos hábitos são adquiridos e do confronto de ideias surgem os melhores projetos e soluções. Não se tem apenas um setor de inovação, mas áreas inovadoras em toda a empresa!

Como promover a diversidade nas empresas

O que a gente quer te mostrar é que basta estarmos dispostos a ampliar nosso campo de visão e enxergar nas diferenças uma oportunidade para usufruir do seu potencial. Não importa de que dimensão estejamos falando: raça, credo, gênero, idade, personalidade, cultura, origem, deficiência, valores – a regra é sempre priorizar o talento (e não às escolhas pessoais), respeitar as diferenças e colher o melhor de cada um.

O primeiro passo para promover a diversidade na sua empresa é respeitar os pensamentos e as pessoas diferentes de você. A atitude precede sempre a ação. É super importante desenvolver o engajamento das lideranças para construírem times diversificados e inclusivos. Líderes precisam gerar motivação e influenciar. Também, praticar a empatia, mudando a cultura das empresas e trazendo a diversidade como valor, e mais do que isso, como prática.

O processo de seleção e contratação, por exemplo, precisa ser adaptado a cada situação, respeitando as individualidades. Não dá para entrevistar uma pessoa surda sem a presença de um intérprete de Libras, por exemplo. É preciso antecipar as necessidades de cada um e adequar o processo a elas. 

SEJA UM MEMBRO MERKAZ!
  • Instagram
  • Facebook Social Icon
  • LinkedIn Social Icon
venha tomar um café com a gente!

Rua Hungria, 1000 / São Paulo, SP - Brasil

​​Tel: (11) 3818-8874​ | contato@merkaz.com.br