Personalização de alimentos e bebidas

Atualizado: Nov 17



A Personalização de alimentos, já acontece no mercado de alimentos, incluindo alimentos plant based. Neste artigo apresento como funciona este processo que está acontecendo no Brasil e no mundo.


Dinâmica

A dinâmica por trás da construção da base de soluções personalizadas em escala funciona da seguinte forma:

1. Data collection – capta a saúde e histórico, além de hábitos alimentares e nutricionais, atividades físicas, dados vitais e microbioma. Nesta fase recomenda-se testes de sangue, metabólicos e genoma.

2. Data analytics/recomendação – ciência e dados clínicos, percepções e evidências, inteligência artificial e aprendizado de máquinas. Recomendação: dietas e recomendações alimentares e suplementos, programas de atividade fitness e gols, coaching pessoal.

3. Customized solutions – customização em massa de suplementos, alimentos e planos; sistema de distribuição em pequena escala, ingredientes e matéria-prima.

4. Product delivery – Online, venda em lojas, farmácias, direct-to-consumer, delivery, facilities.

5. E finalmente o Precision Consumer


O mercado de nutrição personalizada foi estimado em US$ 2,5B em 2019, e com transações significativas como a venda da Care/Of para a farmacêutica Bayer.


No mundo já existem diversas empresas que atuam com alimentação personalizada, como por exemplo: a) Rootine: empresa de Muesli multivitamínicos personalizados via teste de DNA; b) Care/Of : empresa de multivitaminas personalizadas via quizz inteligente, adquirida pela Bayer no valor de US$225M; c) Habit: americana de refeições personalizadas via testes de DNA e microbiota, recebeu investimento da Campbell Soup Co. no valor de US$32M. Estão dentro deste grupo empresas menores como: DNAfit, Orig3N, DayTwo, Gini, Talenti, Inside Tracker, Persona, Made to order, Food Marble e Baze.


Grandes corporações vêm olhando para o mercado de “saudabilidade” e personalização com diversas aquisições recentes e produtos/programas de nutrição personalizada ou funcional sendo desenvolvidos. A Nestlé Japão lançou em 2019 a NesQuino, uma máquina de personalização de bebidas com diversas bases vegetais. A Nestlé China criou um programa com mais de 100 mil inscritos chamado "Wellness Ambassador", que visa o uso de análise de dados genéticos na criação de novos produtos e dietas personalizadas.


Em 2006, a Unilever adquiriu a Talenti, primeira marca de sorvetes personalizados dos EUA, considerado o melhor sorvete do país. A empresa continua adquirindo diversas marcas com posicionamento saudável, natural e de suplementação para o seu portfólio.



Pelo Mundo

Um serviço altamente personalizado é oferecido pela cervejaria britânica Meantime Brewing em conjunto à empresa de testes genéticos 23andMe. O serviço exclusivo consiste em primeiro analisar o DNA do cliente usando uma amostra de sua saliva e, em seguida, usando esse resultado, identificar suas preferências exclusivas e produzir cervejas personalizadas combinando seu perfil de sabor. Os resultados de um teste de DNA também podem determinar quais tipos de vinho são melhores para cada cliente.


A Tellspec, startup com sede na França, criou um scanner portátil que ajuda os consumidores a identificar alérgenos, nutrientes e ingredientes em seus alimentos. O scanner usa um aplicativo móvel conectado a uma ferramenta de inteligência artificial para ver os resultados e fornecer uma repartição de quantidades de açúcar, níveis de acidez e vitaminas presentes em frutas, por exemplo.


No Brasil, algumas startups estão iniciando suas operações no formato de personalização de alimentos. Um exemplo é a Vitamine-se, que irá se apresentar como uma solução simples e informativa, apresentado alternativas ao consumidor na procura por farmácias convencionais ou de manipulação para adquirir os produtos. Através da colaboração de médicos e nutricionistas, a startup funciona a partir de um formulário de 20 perguntas que determina as prioridades e necessidades do cliente. Por meio da inteligência artificial e com base nas respostas, o sistema indica qual é a vitamina mais adequada.


A startup é a primeira plataforma inteligente de suplementação do Brasil e da América Latina e funciona com base na inteligência artificial, oferecendo uma experiência customizada aos consumidores. Outras novidades na personalização, aqui no Brasil, estão por chegar e caminhando a passos largos. Agora é aguardar...



Sobre o autor:

Alberto Gonçalves Neto é consultor de empresas, fundador da AGN Consultoria e Negócios, especializada em alimentação plant-based. Professor para pós-graduação da Universidade Presbiteriana Mackenzie, para matérias como Empreendedorismo para o Agronegócio e Empreendedorismo. Mentor do SP Conecta (Investe SP), co-curador do SPTW, para vertical foodtech, 2019/2020.